quarta-feira, 27 de julho de 2011

Gênero - Cartas do Leitor.

Este gênero textual propicia a interação dos alunos com os meios de comunicação e permite a realização de atividades de leitura, interpretação e produção textual com reais funções sociais. Além disso, possibilita a discussão de temas da atualidade e incentiva a adoção de uma postura crítica diante dos fatos.

Dessa forma, os alunos podem se colocar como verdadeiros interlocutores, concretizando práticas de leitura e escrita diversas, uma vez que através das cartas podem argumentar, comunicar-se, opinar e elaborar críticas sobre determinados assuntos.

A escola deve trabalhar com os mais diversos gêneros que circulam socialmente como, por exemplo, no jornalismo: a notícia, o editorial, a reportagem, o artigo de opinião, a carta do leitor, etc., para que os alunos
sejam preparados para as situações de interação existentes na sociedade em que vivem e, assim possam agir de forma crítica e consciente em relação a assuntos e situações do dia-a-dia.

Os gêneros devem ser periodicamente retomados e seu estudo aprofundado e ampliado, de acordo com a série, com o grau de maturidade dos alunos, com suas habilidades lingüísticas e com a área temática de seu interesse.

Quando um aluno aprende a produzir, por exemplo, uma carta do leitor para ser enviada a um jornal ou revista, toma consciência de que pode como cidadão, manifestar seus pontos de vista, opinar e interferir nos
acontecimentos do mundo concreto.

As cartas do leitor diferenciam-se um pouco das cartas tradicionais por abordarem diretamente o assunto a ser discutido, por serem curtas e não apresentarem as saudações (prezado senhor, querido amigo), nem as
despedidas tradicionais (um grande abraço).

Nos jornais e revistas, há um espaço próprio destinado para que as cartas dos leitores sejam publicadas.
Quando uma carta é enviada para a publicação, o leitor precisa identificar-se colocando nome completo, o nº. de identidade e endereço e é responsabilizado pelo que escreve. Nem todas as cartas são publicadas, pois passam por uma seleção e podem ser resumidas ou parafraseadas. Cada jornal ou revista segue critérios próprios de publicação.

O propósito comunicativo de uma revista ou jornal pode variar. Os temas podem ser diferentes, assim como um mesmo assunto pode ser abordado de formas variadas.

Não se escreve para uma revista de informação como a Veja da mesma forma que se escreve para a revista Capricho.

Para fins de exemplificação, reproduzimos a seguir alguns títulos utilizados por jornais e revistas para denominar a seção que traz as cartas dos leitores:

Jornais:


· Folha de São Paulo: Painel do leitor;
· Gazeta do Povo: Coluna do leitor;
· O Estado do Paraná: O mural do leitor;
· Folha de Irati: Opinião do leitor.


Revistas:


· Revista Veja: Cartas;
· Superinteressante: Desabafa, solte o verbo;
· Capricho: Diz, AÍ.

A produção deste gênero proporciona um espaço para que o leitor possa expor seu ponto de vista a respeito de qualquer assunto, apresentar críticas, fazer sugestões, discordar de um ponto de vista, participar da formação da opinião pública.

Proposta de Atividade - Livro Didático




OBS. Existe uma incoerência no enunciado desta atividade, pois é pedido que os alunos produzam um texto escrito (individualmente ou em grupo), relacionado ao assunto preconceito, em que os alunos podem posicionar-se defendendo ou recusando a afirmação de que o brasileiro não é um povo preconceituoso, ou manifestando opinião a respeito de várias formas de preconceito. Os questionamentos poderiam servir apenas para debate oral e discussões, como forma de estímulo para a produção escrita numa outra etapa.

Percebemos que os autores apenas propõem aos alunos trabalhos em grupos e nenhum individualmente e há também poucas indicações para outras leituras. Apesar disso, essa proposta de produção de texto corresponde às expectativas de um ensino em que há um processo de interação social.

STADYKOSKI, R.D.  AS CARTAS DO LEITOR E O ENSINO DE LÍNGUA MATERNA.Dísponível em: http://obusca.com/CARTAS-DO-LEITOR-UMA-PROPOSTA-DE-TRABALHO-PARA-O--PDF.html
Acesso em: 26/07/2011

Nenhum comentário:

Postar um comentário