sexta-feira, 13 de maio de 2011

Leitura e escrita de Contos de Aventura.

Bloco de Conteúdo

Língua escrita

Objetivos

- Apreciar a leitura de um clássico da literatura.

- Apropriar-se da linguagem típica de contos de aventura.

Conteúdos

- Leitura.

- Produção de texto.

Anos

4º e 5º.

Tempo estimado

15 aulas.

Material necessário

Conto A Quarta Viagem de Simbad, o Marujo, publicado em Os Melhores Contos de Aventura. Cartolinas.

Flexibilização

Para alunos com deficiência visual

Invista na riqueza da descrição dos personagens, para que o aluno cego envolva-se na história. É importante que ele tenha acesso ao conto em braile. Conte com a ajuda do AEE para antecipar algumas etapas do projeto, se julgar necessário. O trabalho em duplas ajuda o aluno com deficiência visual. O colega pode servir como escriba para o aluno cego durante as produções coletivas, mas é importante oferecer tempo extra para que o aluno faça a transcrição dos textos para o braile. As informações contidas no cartaz devem ser repetidas em voz alta para que o aluno faça seus registros no caderno. Para digitar a versão final dos textos, oriente-o a utilizar um teclado adaptado e amplie o tempo de realização desta etapa.

Desenvolvimento

1ª etapa

Apresente à turma o marujo Simbad, personagem célebre da obra As Mil e Uma Noites, uma compilação de histórias milenares do Oriente. Convide as crianças a conhecerem um dos contos em que ele é citado.

2ª etapa

Organize sessões diárias de leitura em voz do conto e peça que os estudantes levantem informações importantes sobre os personagens, o ambiente, a sequência dos episódios, os aspectos linguísticos (como marcadores de tempo, tempos verbais e expressões típicas usadas pelos personagens). Anote-as em um quadro para ficar afixado na sala para consultas futuras.

3ª etapa

Convide a garotada a produzir, em duplas, versões de A Quarta Viagem de Simbad, o Marujo. O material dará origem a um livro de versões e será doado para a biblioteca da escola. Chame a atenção para o efeito causado pelas descrições e expressões usadas no original para tornar a leitura atraente.

4ª etapa

Retome os principais episódios da história e anote-os em outro cartaz.

5ª etapa

É hora de reunir as duplas e produzir versões. Realize uma discussão sobre como planejar o trabalho. Peça que os estudantes escolham quais as mudanças principais a serem feitas. É possível, por exemplo, uma versão moderna, com personagens vivendo nos dias de hoje. O que é preciso alterar, sem deixar de lado as caraterísticas da aventura e a coerência do texto?

6ª etapa

Sugira a consulta às anotações feitas nas etapas anteriores. Faça intervenções sempre que julgar necessário.

7ª etapa

Leia as primeiras versões produzidas e oriente a revisão. As ações dos personagens e as características dos personagens são coerentes? Retome o planejamento feito coletivamente, as anotações produzidas durante a leitura, bem como trechos das versões estudadas para análise. Por fim, os alunos devem digitar a versão final, corrigindo erros ortográficos.

Produto final

Livro de versões do conto A Quarta Viagem de Simbad, o Marujo.

Avaliação

Observe o comportamento leitor e escritor dos estudantes: comentários e apreciação da leitura, anotações, preocupação com a legibilidade do texto e a disponibilidade para realizar as atividades. Em relação às produções, avalie se apresentam a linguagem típica de um conto de aventura.


Fonte: http://revistaescola.abril.com.br/lingua-portuguesa/pratica-pedagogica/leitura-escrita-contos-aventura-624695.shtml

Nenhum comentário:

Postar um comentário